quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Construtora oferece "circo erótico" a operários das obras de Jirau

Depois de denúncias do emprego de trabalho escravo na construção da hidrelétrica de Jirau- a 130 Km de Porto Velho (RO)- e realização de greves , por partes dos trabalhadores que atuam nas obras da usina, a construtora Camargo Corrêa, uma das responsáveis pelo empreendimento, resolveu compensar os operários com "pão e circo", como foi chamada no Império Romano a política de fornecer alimento e diversão ao povo para distraí-lo e, assim, amenizar suas reivindicações. Leia mais no Amazônia

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Suriname – fronteira em conflito

Suriname e Guiana são destinos comuns para migrantes que buscam uma possibilidade de renda ou uma vida menos ruim fora do solo pátrio.
Migrantes do Norte e Nordeste, em particular.

Garimpo, comércio de todas as espécies, inclusive humano, tráfico de drogas, prostituição acabam sendo o destino mais comum.

Sobre o assunto, reportagens, denúncias de organizações que defendem direitos humanos e trabalhos acadêmicos não são raros.
No episódio do Suriname, a conformação é que se trata de conflito entre pessoas de mesma classe, os localizados na base da pirâmide.
O caso do Suriname os quilombolas, e do Brasil, pessoas empobrecidas em busca de dias melhores.
Leia sobre as ações do Itamaraty AQUI

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Rogério Almeida lança o livro ‘Pororoca pequena: marolinhas sobre a(s) Amazônia(s) de cá’

O Pororoca pequena: marolinhas sobre a(s) Amazônia (s) de cá foi puxado a fórceps, numa peleja desprovida de apoios institucionais, exceto amparos pontuais da rede Fórum Carajás.

O terceiro livro de Rogério Almeida reúne 18 trabalhos entre artigos, reportagens e entrevistas produzidos entre 2003 a 2009.

Os mesmos estão divididos em quatro seções: a) Estado e os grandes projetos, b) Araguaia-Tocantins- território em disputa, c) Belém- a cidade e d) entrevistas com dirigentes sindicais e populares, assessores e uma com o jornalista Lúcio Flávio Pinto. Leia mais no Ecodebate

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

"O PAC vai fomentar mais conflitos e expropriações na região", diz jornalista da Amazônia

Fabíola Munhoz
Rogério Almeida, 42, é jornalista de Belém (PA) e lançou recentemente o livro "Pororoca pequena: marolinhas sobre a(s) Amazônia(s) de cá", em que reúne seus textos produzidos entre 2003 e 2009. A obra traz artigos sobre o papel do Estado na Amazônia, as tensões entre os diferentes agentes que disputam a terra e as riquezas da região, bem como projetos de desenvolvimento ali implantados, que causaram diversos danos socioambientais. Leia mais no Amazônia.

Morre ambientalista e diretor da International Rivers Glenn Switkes

Glenn Switkes, ambientalista e diretor da International Rivers, morreu na madrugada de hoje (21), à 1h30, no Hospital Samaritano, em São Paulo. Ele sofria de câncer nos pulmões, em estado terminal. O ambientalista era americano, mas vivia no Brasil, onde era responsável pela campanha na América Latina da organização International Rivers. Leia mais no Amazônia

Mundo em transe: os desafios do ecodesenvolvimento. Entrevista especial com José Eli da Veiga

Em meio aos debates em Copenhague, na Convenção do Clima, a IHU On-Line entrevistou, por telefone, o professor José Eli da Veiga, que aproveitou a oportunidade da realização do evento na Dinamarca para lançar seu livro Mundo em transe. Do aquecimento global ao ecodesenvolvimento (Cidade: Autores Associados, 2009). Leia mais no IHU

Ruralistas "tomam" agenda ambiental

Unida acima dos partidos e atuante quando se trata de seus interesses, a bancada ruralista no Congresso deixou de se preocupar apenas com créditos e dívidas do setor agropecuário para buscar o controle das discussões e da legislação sobre os assuntos ambientais do País. Os ruralistas partiram de seu reduto tradicional, a Comissão de Agricultura da Câmara, ocuparam a Comissão de Meio Ambiente e a comissão especial onde a discussão de florestas, áreas de proteção e licenciamento ambiental entra na ordem do dia. Leia mais no Ecodebate

Ibama: servidores realizam protesto contra anistia para multas

Funcionários do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e do Instituto Chico Mendes fizeram um protesto sexta-feira (18) em frente ao Ministério do Meio Ambiente contra o Decreto 7.029/2009 que prevê a suspensão de multas por crimes ambientais para os produtores que aderirem ao Programa Mais Ambiente. Para os responsáveis pela manifestação intitulada “mãos atadas,” a medida é um retrocesso às políticas de fiscalização ambiental e aos investimentos realizados no setor. Leia mais no Amazônia

A 1ª Conferência Nacional de Comunicação, que terminou nesta quinta feira, 17 de dezembro, foi um êxito. Sua simples realização representa um divisor

A 1ª Conferência Nacional de Comunicação, que terminou nesta quinta feira, 17 de dezembro, foi um êxito. Sua simples realização representa um divisor de águas entre a intolerância anterior dos radicais e o diálogo que se abre sobre o tema da comunicação no país depois do evento de Brasília. A Conferência criou uma cultura de debates sobre as políticas públicas de comunicação (tema tabu nos círculos políticos até agora), que não tem volta. O debate é saudável e será benéfico para o país. Leia mais AQUI

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Franceses da CPT são homenageados por atuação no Brasil

Frades dominicanos Henri des Roziers, Xavier Plassat e Jean Raguenes, da Comissão Pastoral da Terra (CPT), receberam homenagem pela luta contra o trabalho escravo e a violência rural, como parte do Ano da França no Brasil
Por Maurício HashizumeBrasília (DF) - Há décadas, três franceses têm se empenhado todos os dias pela libertação de brasileiros. Nada mais justo que, neste ano em que se comemora o Ano da França no Brasil, os frades dominicanos Henri Burin des Roziers, Xavier Plassat e Jean Raguenes, da Comissão Pastoral da Terra (CPT), fossem homenageados pela Embaixada da França por causa da "ação social e luta admiráveis contra o trabalho escravo e as violências agrárias", como descreveu o convite da cerimônia promovida nesta segunda-feira (14). Leia mais no Repórter Brasil

Democratização da comunicação: Confecom deu o primeiro passo

Termina nesta quinta-feira (17), em Brasília, a 1ª Conferência Nacional de Comunicação (Confecom). A realização da conferência, por si só, já é uma vitória do movimento pela democratização das comunicações no Brasil. O bordão lulista "nunca na história deste país" aplica-se bem à Confecom. Foi a primeira vez que amplos setores da sociedade foram convidados a debater políticas públicas para este estratégico setor. Até então, a comunicação no país era assunto de gabinete e de alguns poucos especialistas no assunto. Leia mais AQUI

Serra Pelada

O governo do Estado promoveu hoje de manhã, por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), audiência pública do Projeto Serra Pelada, em Curionópolis, região de Carajás. O secretário em exercício, Claudio Cunha, esteve presente no evento - seguindo a assessoria do governo - aberto à comunidade interessada em conhecer e discutir o processo de licenciamento ambiental do empreendimento. Deu no Quaradouro

Compensações aos impactados pela UHE Estreito são debatidas em audiência

Em reunião foi definida criação de foro que buscará manter mobilização de entidades que requerem abertura à negociação do consórcio da usina
Em audiência pública realizada na Câmara de Vereadores de Carolina, no Maranhão, na semana passada, foi definida a criação de um foro alternativo que buscará manter a mobilização das entidades que requerem a abertura à negociação do consórcio empreendedor da hidrelétrica de Estreito (TO/MA, 1.087 MW). A audiência tinha como objetivo debater as compensações aos impactados pela usina. Leia mais AQUI

Sequência de fotos evidencia dano ambiental causado por usinas do rio Madeira

As fotos foram apresentadas ontem à CPI das usinas do Madeira, na Assembleia Legislativa de Rondônia
Bruno Calixto

Uma apresentação feita pela Associação de Defesa Etno-Ambiental Kanindé à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa de Rondônia, criada para investigar as obras das usinas do rio Madeira (RO), impressionou os deputados estaduais. As fotos mostram o estrago que a usina de Jirau vem causando ao meio ambiente. Leia mais AQUI

18% das famílias pobres no Brasil vivem na Amazônia Legal

Thais Iervolino
Mais de 24 milhões de pessoas vivem nos Estados do Amazonas, Tocantins, Pará, Acre, Roraima, Mato Grosso, Amapá, Rondônia e Maranhão, que compreendem a Amazônia Legal. Esta quantidade representa 13% da população total brasileira. Leia mais no Amazônia

Belo Monte e Aquecimento Global: Povos Indígenas e Comunidades Tradicionais na COP

No dia 11 de dezembro, na Conferência de Copenhague (COP 15), lideranças indígenas e comunidades tradicionais falaram ao público sobre suas impressões sobre o clima, modelo de desenvolvimento atual e de políticas de contenção ao aquecimento do clima.
A reportagem é do Conselho Indigenista Missionário - Cimi, 16. Leia mais AQUI

Belo Monte. 'Projeto faraônico e gerador de morte''. Entrevista especial com Dom Erwin Kräutler

“Eu sei quanto suor esse povo derramou e quanto tempo gastou para construir suas casas. Digo mais uma vez: são casas de alvenaria e não barracos ou palafitas! Agora esse povo será compulsoriamente arrancado de seus lares e transferido para onde?”, pergunta Dom Erwin Kräutler, na entrevista que concedeu à IHU On-Line, realizada via e-mail. O bispo de Altamira, município situado em plena selva amazônica do Pará, descreve o apoio que a Igreja tem dado ao povo que luta contra a hidrelétrica de Belo Monte e também o que ocorreu depois do encontro que teve com Lula em setembro deste ano. “Não faltam opções e não faltam cientistas de renome que apresentam alternativas. Mas são silenciados imediatamente e até ridicularizados quando falam em energia solar ou eólica”, apontou ele. Leia mais no IHU

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Multas por doações eleitorais acima do limite já somam mais de R$ 1,8 milhão

O total de R$ 1.828.073,75 já foi aplicado em multas a doadores que extrapolaram o limite legal para doações a candidatos durante a campanha eleitoral de 2006. Das 145 representações propostas pela Procuradoria Regional Eleitoral em junho deste ano, 90 já foram decididas pelo Tribunal Regional Eleitoral, e destas 79 foram julgadas procedentes, o que implica em multa aos doadores. A maior até o momento chega a R$ 899 mil. Leia mais no site do MPF/TO

Denúncias de impactados por Estreito serão entregues à Comissão de Direitos Humanos da Câmara e do Senado

Durante audiência pública realizada na câmara de vereadores de Carolina (MA) na sexta-feira, 11, com o objetivo de debater as compensações aos impactados pela UHE de Estreito, foi definida a criação de um foro alternativo que buscará manter a mobilização das entidades que requerem a abertura à negociação do consórcio empreendedor. A primeira reunião está marcada para fevereiro, após a entrega de um documento à Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, do Senado e do Ministério das Minas e Energia, contendo as denúncias contra o consórcio. Leia mais no MPF/TO

Caciques da Funai: especialistas analisam a participação dos índios na gestão do órgão

Fabíola Munhoz
Casos como o do índio Joel Oro Nao, que foi eleito para o cargo de administrador-regional da Fundação Nacional do Índio (Funai) em Guajará-Mirim (RO), são cada vez mais freqüentes, e mostram que as lideranças indígenas vêm ganhando espaço na administração pública. Leia mais no Amazônia

Marco Civil da Internet e as diretrizes para o bom funcionamento da rede. Entrevista especial com Marcel Leonardi.

No último mês de outubro, o Ministério da Justiça, em parceria com a Fundação Getúlio Vargas, lançou o Marco Regulatório Civil da Internet. A intenção, segundo o Ministério, é respeitar a natureza colaborativa da web. Regras de responsabilidade civil para provedores e usuários e medidas para preservar a liberdade de expressão e a privacidade compõem a temática do processo colaborativo para estruturação do Marco Civil. Leia a íntegra no IHU

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

"Tribunal de mídia" está entre propostas de evento

Na pauta do evento que o governo Lula organizará para discutir a comunicação social no Brasil estarão propostas como a instalação de um "tribunal de mídia", a adoção de uma "cláusula de consciência" para trabalhadores do setor e a criação de punições para jornalistas "que excluam a sociedade civil e o governo da verdadeira expressão da verdade". Leia mais AQUI

Confecom pede transparência em concessões

A Confecom (Conferência Nacional de Comunicação), que será instalada hoje, em Brasília, pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pedirá mais transparência nas concessões de rádio e televisão, a proibição de políticos possuírem emissoras e a limitação do avanço das igrejas na mídia. Leia mais no IHU

domingo, 13 de dezembro de 2009

Participantes do Ato Contra Belo Monte entregam carta na sede regional da Eletronorte.

O Comitê Metropolitano Xingu Vivo Para Sempre, realizou na manhã de sexta-feira(11/12), um ato contra a construção da UHE de Belo Monte em Belém. Professores, estudantes, defensores dos direitos humanos, movimentos sociais, representantes dos moradores dos rios Xingu, Madeira, Tapajós e índios Tembés, concentraram-se em frente a Universidade Federal do Pará (UFPA). Em seguida, iniciaram uma caminhada rumo à sede regional das Centrais Elétricas do Norte do Brasil S/A (Eletronorte). Leia mais no blog da Via Campesina PA

Usina de Estreito não reconhece impactados

No dia 30 de novembro, representantes de entidades, camponeses, pescadores e movimentos sociais, entre eles o agente da CPT Tocantins, Pedro Antônio Ribeiro, estiveram presentes na 7ª Promotoria de Justiça Cível de Imperatriz (MA) requerendo do Ministério Público providências legais para a solução de problemas referentes à Usina Hidrelétrica de Estreito. Leia mais na CPT

Comunicado dos Povos Indígenas

Nós povos indígenas aqui representados: Povo Kayapó das aldeias Kokraxmõr, Pykarãrãkre, Kikretum, Las Casas, Kriny, Moxkàràkô; Kayapó do Xingu, aldeia Kararaô; Xipaia, aldeia Tukamá, Tukaiá; Juruna, aldeia Paquiçamba, Km 17 Vitória do Xingu; Arara da Volta Grande, Terra indígena Wangã; Povo Arara, Cachoeira Seca; e povos de outras regiões: Yanomam; Guarani, de São Paulo, aldeia Krukutú, queremos comunicar. Leia AQUI

Juízas/es elogiam e homenageiam o MST


"No início deste dezembro, a diretoria da ADJ, Associação de Juízes para a democracia entregou à direção nacional do MST uma pintura que representa a luta de Dom Quixote contra os “moinhos da opressão”, indormam Antonio Cechin e Jacques Távora Alfonsin, em aritgo que publicamos abaixo.
Antonio Cechin é irmão marista, miltante dos movimentos sociais. Jacques Távora Alfonsin é advogado do MST e procurador do Estado do Rio Grande do Sul aposentado.
Eis o artigo. Deu no IHU

Belo Monte: ''É mentira chamar isso de ‘desenvolvimento’''. Entrevista especial com Rodolfo Salm

Hidrelétrica de Belo Monte, Convenção do Clima em Copenhague, política e meio ambiente. Estes foram os temas da entrevista que a IHU On-Line realizou, por e-mail, com o professor da Universidade Federal do Pará, Rodolfo Salm. Ele acredita que “o efeito mais devastador destas grandes barragens projetadas para a Amazônia é que elas estão desencadeando uma fortíssima onda de imigração humana para esta região, movida pelas falsas promessas de desenvolvimento, das dezenas de milhares de empregos temporários criados, e do aprimoramento da infraestrutura”. Leia a entrevista na íntegra no IHU

sábado, 12 de dezembro de 2009

MPF exige vistoria de áreas a serem regularizadas pelo governo federal

Caso o programa Terra Legal descarte vistoria, comunidades tradicionais podem ser prejudicadas, dizem procuradores da República
O Ministério Público Federal (MPF) encaminhou notificação ao Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) informando que pode ir à Justiça caso o MDA mantenha a intenção de não realizar vistorias em áreas a serem regularizadas pelo programa Terra Legal. Leia mais no MPF

Mais uma hidrelétrica no Pará, para quê e para quem?

por Pe. Edilberto Sena
O Estado do Pará perde mais uma de suas riquezas naturais para servir ao PAC do governo Federal – o Plano de Aceleração do Crescimento. Ou melhor, a nova hidrelétrica, Santo Antonio do Rio Jari é para servir ao grupo econômico privado – ORSA, que explora caulim e celulose em Monte Dourado. Leia mais no Ecodebate

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Dudu- um prefeito muito atrapalhado

O prefeito de Belém se mantém por força de liminar. Mas, comprova que operar conforme a lei não é o seu forte. O embate acaba de ganhar mais um capítulo, numa vasta lista.

Desta feita foi a promotora de Direitos Constitucionais e do Patrimônio Público, Maria das Graças Cunha, que ajuizou, na última semana, uma ação civil pública de improbidade administrativa contra o prefeito de Belém, Duciomar Costa, e Walber Ferreira da Conceição, secretário municipal de Finanças (Sefin). Deu no Diário

Manifestantes saem às ruas contra Hidrelétrica de Belo Monte

Manifestantes saem às ruas de Belém nesta sexta, 11, para protestar contra a construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte. O protesto está previsto para começar às 9 horas, quando os manifestantes sairão em caminhada do Terminal de ônibus da UFPA em direção à Eletronorte, na Avenida Perimetral, no bairro da Terra Firme. Leia mais AQUI

O que está em jogo no julgamento do pistoleiro que matou a Ir. Dorothy. Nota da Congregação de Notre Dame

Por ocasião do IV Júri do pistoleiro Rayfran das Neves, que assassinou a missionária Dorothy Stang em 12 de fevereiro de 2005, a Congregação De Notre Dame divulgou nota onde pede que Rayfran seja condenado, não por homicídio simples e sim por homicídio qualificado, ou seja, um crime de encomenda com promessa de pagamento e assim, prevaleça a verdade e os mandantes Vitalmiro Bastos de Moura e Regivaldo Galvão sejam julgados e punidos pelo assassinato brutal da missionária.Veja aqui a NOTA

Dorothy Stang: ''Punir os responsáveis pelos crimes é um desafio muito grande''. Entrevista especial com José Batista Gonçalves Afonso

Rayfran das Neves Sales atirou seis vezes contra a missionária Dorothy Stang, 73 anos, há quase cinco anos. Na quinta-feira, dia 10-12, ele seria julgado pela quarta vez. Seu processo é contraditório: Rayfran é réu confesso e acusou dois fazendeiros de serem os mandantes do crime, porém, sua defesa também já alegou que ele agiu por conta própria ao matar a missionária estadunidense. O quarto julgamento foi cancelado pela própria defesa na abertura da sessão, o que é visto de forma positiva por um dos advogados de acusação, José Batista Gonçalves Afonso. “O fato ocorrido no júri de Rayfran reforça nossa expectativa e a tese da acusação, ou seja, ficou definitivamente assegurado que o crime foi feito mediante promessa de recompensa. Com isso, abre-se um caminho em relação à condenação dos dois mandantes que ainda precisam sentar no bando dos réus”, explicou Afonso durante a entrevista que concedeu à IHU

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Caso Dorothy: adiado julgamento de réu confesso

Atualizada às 11h25A defesa do réu confesso de matar a missionária Dorothy Stang, Rayfran das Neves, desistiu de tentar reduzir a pena do pistoleiro durante julgamento nesta quinta-feira (10), no Pará. Deu no UOL

BNDES dá R$ 1 bi para usina a carvão de Eike

Enquanto o governo federal cancelou ontem um leilão de energia porque só havia usinas térmicas a gás e a carvão, consideradas poluidoras, o BNDES concedeu à MPX, braço de energia do grupo EBX, do empresário Eike Bastita, R$ 1,038 bilhão para a construção de uma usina térmica a carvão, no Maranhão, com potência instalada de 315 megawatts (MW). Leia mais no IHU

Noite de solidariedade ao MST no Rio de Janeiro

"Somos todos Sem Terra, e todos os Sem Terra somos nós. Ali, nas estradas, marchando, desatando nós. Se Sem Terra nada somos, e sem os Sem Terra? Que será de nós". Assim o sociólogo Mauro Iasi abriu a noite em que cerca de 400 pessoas prestaram solidariedade ao MST. Parlamentares, intelectuais, ativistas e estudantes lotaram o auditório da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) na quarta-feira (9/12), para condenar a perseguição ao movimento. Leia mais no MST

MPF/PA entra com pacote de ações contra improbidade administrativa

33 ações de improbidade deram entrada até agora, contra gestores que omitiram prestação de contas, desviaram ou usaram incorretamente verbas públicas repassadas pela União

O Ministério Público Federal no Pará já ajuizou 33 ações de improbidade essa semana contra gestores públicos municipais e estaduais que cometeram irregularidades diversas no trato com dinheiro público repassado pela União entre os anos de 1999 e 2009. A maior parte das ações tramita em segredo de Justiça porque há pedidos de quebra de sigilo e indisponibilidade de bens dos acusados. Novas ações ainda podem ser iniciadas como parte do esforço. Leia mais no MPF

Construtora deixa de entregar casas de extrativistas no Pará

Incra pagou casas para usuários da reserva extrativista de Maracanã, mas empreiteiro fugiuNos últimos dois meses a vida de 32 famílias da reserva extrativista (resex) marinha de Maracanã, no nordeste paraense, tem sido cheia de decepção e dúvida. O sonho da casa própria, que estava prestes a virar realidade, caiu por terra depois que a construtora responsável pelas obras interrompeu os trabalhos da noite para o dia e desapareceu. Leia mais no MPF

CDVDH realiza audiência pública sobre Direitos Humanos em Açailândia

O objetivo deste evento é apresentar as conclusões de pesquisa constando os acontecimentos que marcaram a luta pela e efetivação dos direitos Humanos em nosso município e os desafios a serem alcançados.

O Centro de Defesa da Vida e dos Direitos Humanos de Açailândia, em comemoração ao aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos, realiza dia10 de dezembro uma audiência Pública com tema, Direitos Humanos em Açailândia: Avanços e desafios. O objetivo deste evento é apresentar as conclusões de pesquisa constando os acontecimentos que marcaram a luta pela e efetivação dos direitos Humanos em nosso município e os desafios a serem alcançados. Leia mais no CDVDH

Caso Dorothy


Em novo julgamento de réu confesso, defesa busca safar acusados de mando do crime

David Stang, irmão da missionária Dorothy Stang, executada em fevereiro de 2005 no município de Anapu, sudoeste do Pará, vai acompanhar o novo julgamento do pistoleiro Rayfran das Neves Sales. O Sales foi condenado a 27 anos de prisão por executar com seis tiros a religiosa.


O argumento da defesa reside em não estabelecer a cadeia ou consórcio, como preferem os defensores de direitos humanos, na execução de militantes e apoiadores da reforma agrária, meio ambiente e direitos humanos na Amazônia.

Assim, até hoje, nenhum mandante de assassinato de camponês/a foi preso.
As organizações camponesas e de defesa de direitos humanos prometem mobilização em frente ao Fórum da capital.

No calor dos fatos produzimos alguns elementos que talvez possam colaborar no entendimento da questão

Veja abaixo

É o fim da impunidade no campo?



Filme sobre pai de Eike põe o dedo na ferida da Vale

Recém lançado, o documentário Eliezer Batista - O Engenheiro do Brasil tem atraído poucos expectadores nos cinemas, porém sob a perspectiva política e economica o documentário é interessante por apresentar os bastidores da polêmica privatização da Companhia Vale do Rio Doce (CRVD). Eliezer Batista – pai de Eike Batista – foi presidente da Vale na década de 60 e desenvolveu o plano logístico que o possibilitou ao Brasil tornar-se um grande exportador de minério de ferro. Leia masi no IHU

BNDES dá R$ 1 bi para usina a carvão de Eike

Enquanto o governo federal cancelou ontem um leilão de energia porque só havia usinas térmicas a gás e a carvão, consideradas poluidoras, o BNDES concedeu à MPX, braço de energia do grupo EBX, do empresário Eike Bastita, R$ 1,038 bilhão para a construção de uma usina térmica a carvão, no Maranhão, com potência instalada de 315 megawatts (MW). Leia mais no IHU

Estreito: Audiências públicas debatem saúde de índios e situação dos impactados pela usina

Eventos foram solicitados por representantes da etnia apinajé e dos impactados pela barragem
Por designação do Ministério Público Federal no Tocantins (MPF/TO), foi realizada no município de Tocantinópolis, no dia 10 de dezembro, uma audiência pública para debater problemas da atenção à saúde da comunidade e a situação das estradas no interior da terra indígena. A audiência teve início às 14h, no Seminário Diocesano Leão XIII, em Tocantinópolis. Leia mais AQUI

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Trabalhadores rurais acampados interditam BR 230

Aproximadamente 1.000 acampados e trabalhadores rurais pressionam órgãos responsáveis pela reforma agrária no Maranhão. Leia mais AQUI

Brasil adia licitação de hidroelétrica Belo Monte para 2010

A licitação para a construção da hidrelétrica de Belo Monte (PA), no coração da Amazônia brasileira, só vai acontecer no começo do ano que vem, embora estivesse prevista para este mês.Veja mais no Amazônia

Ibama concede licença para mais uma hidrelétrica na Amazônia -

Luana Lourenço
Em meio à expectativa pela licença ambiental para a Usina Hidrelétrica de Belo Monte, no Rio Xingu (PA), o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) concedeu hoje (8) autorização para outro empreendimento na Amazônia, a Usina Hidrelétrica de Santo Antônio do Jari, no Rio Jari, na divisa entre o Pará e o Amapá. Leia mais AQUI

A revista Veja e a invenção de um movimento terrorista. Entrevista especial com Najla dos Passos.

Desvendar as formas com que a “cultura de opressão” aos movimentos populares opera no Brasil é o objetivo da dissertação de mestrado “A revista Veja e a invenção do ‘MST terrorista’”, de Najla dos Passos.
Sobre a imagem do MST construída pela mídia brasileira, mais especificamente pela revista Veja, e a representação do movimento pela sociedade civil, Najla conversou, por e-mail, com a IHU On-Line. “De brasileiros humildes e vítimas de um Estado omisso, os sem-terra, tal como os sertanejos de Canudos, foram transformados em representantes da ’sub-raça brasileira’ que, à margem da ordem e do progresso da civilização letrada, constituem a imagem do Brasil baderneiro e atrasado, combatido pelas forças hegemônicas que, desde a implantação da República, dizem querer um país moderno e civilizado, mesmo que apenas para uma parcela ínfima da população”, lamenta. Najla. Leia a íntegra no IHU

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Justiça nos Trilhos oxigena o debate sobre projetos de mineração da Vale

O coletivo Justiça nos Trilhos se reúne amanhã, em Belém, no Hotel Beira Rio, visando a manutenção da mobilização das populações atingidas pelos projetos de mineração da Vale no Brasil e em outros países.

A reunião tem como objetivo nivelar as informações para um encontro que deve ocorrer em abril de 2010. O coletivo tem se mobilizado com vistas a aprofundar o conhecimento sobre os grandes projetos na região de Carajás, identificar problemas, propor soluções e políticas públicas.

Durante o Fórum Social Mundial o grupo organizou inúmeros seminários e mesas de debate sobre os passivos sociais e ambientais que os projetos internalizam nas comunidades do entorno.

A primeira aparição no cenário paraense do coletivo gerou editoriais raivosos de um diário local, onde o grupo ganhou a pecha de “pecadores e criminosos”.

O diário vinculado às Organizações Rômulo Maiorana (ORM), advogava que o Justiça nos Trilhos preparava uma grande ocupação na Ferrovia de Carajás, que nunca veio a acontecer.

Fazendas de deputado e de prefeito são flagradas com escravos

Fiscalizações nas propriedades do deputado federal Urzeni Rocha (PSDB-RR) e do prefeito de Toledo (MG), Vicente Pereira De Souza Neto (PSDB), libertaram 47 de trabalho escravo. Quatro vítimas eram jovens com menos de 18 anos

Por Bianca Pyl

O deputado federal Urzeni Rocha (PSDB-RR) e o prefeito de Toledo (MG), Vicente Pereira De Souza Neto (PSDB), não têm em comum apenas o partido político tucano. Ambos foram flagrados explorando mão-de-obra escrava em Góias e Roraima, respectivamente. Ao todo, 47 pessoas foram libertadas de condições análogas à escravidão das propriedades dos políticos. Leia mais no Repórter Brasil

Extrativistas terão fácil acesso a políticas destinadas à agricultura familiar

Duas medidas publicadas na semana passada no Diário Oficial da União vão possibilitar aos produtores extrativistas que vivem em unidades de conservação de uso sustentável - dos tipos Reserva Extrativista (Resex), Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) e Floresta Nacional (Flona) - mais facilidades de acessar as políticas públicas destinadas aos agricultores familiares e seus empreendimentos, bem como a regularização de seus territórios tradicionalmente ocupados. Leia mais no Amazônia

Réu confesso do assassinato de Dorothy Stang vai novamente a júri popular

Amanda Mota
O réu confesso pelo assassinato da missionária norte-americana Dorothy Stang, Rayfran das Neves Sales, será novamente submetido a júri popular na próxima quinta-feira (10), no Fórum Criminal de Belém. O julgamento atende a um pedido da defesa sobre a possibilidade de garantir ao réu a liberdade condicional, além da redução da pena a que Rayfran foi condenado (27 anos), considerando que ele se encontra preso há quatro anos, trabalha e estuda normalmente no presídio e apresenta bom comportamento. Leia mais AQUI

Congresso do Andes será em Belém

por José Carneiro *
Pela primeira vez, Belém vai sediar um congresso anual do Andes-SN, a ocorrer no período de 25 a 31 de janeiro do próximo ano. A Associação dos Docentes da UFPA (Adufpa)-será a anfitriã do importante evento, o 29º, que deverá contar com mais de 500 participantes, entre delegados, observadores e convidados de todo o Brasil. Leia mais na ANDES

MPF apóia anulação do vestibular da UFPA

O Ministério Público Federal concordou com a anulação da primeira fase do vestibular da Universidade Federal do Pará. A decisão foi tomada após uma reunião pela manhã, na sede da Procuradoria da República no Pará, em que novos fatos sugiram. O reitor Carlos Maneschy comunicou a anulação na tarde de hoje (07). Leia mais no MPF

Incra pedirá revogação de reintegrações de posse no PA

O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) pedirá a revogação de seis liminares de reintegração de posse no sul do Pará durante as audiências de conciliação organizadas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que começam nesta segunda-feira (7/12), em Marabá (PA). Leia mais AQUI

Transamazônica em tensão

Aqui na região da Transamazônica na altura dos quilômetros 140, 155 e 200, município de Uruará, onde estão localizadas as fazendas NOVA INVERNADA e VIEMAG, os conflitos nos causaram e ainda causam muita preocupação e indignação. Mais de 150 famílias estão desde 2006 ocupando esses latifúndios. Leia a nota AQUI

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Implantação da Ufopa será tema de audiência pública em Santarém

Debate será promovido pelo MPF na próxima quarta-feira, dia 9.
O Ministério Público Federal (MPF) no Pará vai promover na próxima quarta-feira, dia 9, uma audiência pública em Santarém, oeste do Estado, para discutir a implantação da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa). Leia mais no MPF

Priante deve assumir a prefeitura de Belém

Estão todos com os espíritos armados na peleja pela cadeira do executivo de Belém. José Priante (PMDB) aguarda a publicação da sentença do juiz Sérgio Andrade, da 98ª zona eleitoral, que ordenou o imediato afastamento de Duciomar Costa (PTB), vulgo Dudu.

Já o prefeito acusado de abuso de poder econômico no processo eleitoral, por ter enfeitado a cidade com placas com promessas de obras, já tem o pedido de limiar formulado para apelar contra a sentença.

Os ritos burocráticos devem ser cumpridos na manhã de hoje, para que a José Priante assuma a prefeitura de Belém.

Ambos os partidos são da base de governabilidade do governo federal. Dudu que foi reeleito com apoio dos tucanos, hoje flerta com a governadora Ana Júlia (PT), a quem já disparou os chulos insultos.

O PMDB magoado com a perda de inúmeras direções em secretarias e no segundo escalão agora busca oxigenar a imagem do professor Simão Jatene (PSDB), ex- governador.
Uma cria da costela de Jader e depois adversário e agora “amiguinho” de novo. O xadrez da disputa para a direção do estado ganha um pouco de mais emoção.

O certo, Jader continua sendo o fiel da balança na disputa.

Os cronistas alinhados com essas coisas da política partidária comungam que a administração de Dudu é um desastre. Uma pororoca de acusações de ilícitos nubla a administração.

A saúde é o ponto mais delicado. Desde o ano passado os postos de saúde são alvos de denúncias de sucateamento.

Os diários locais reencenam a peça bufa do mal informar, ao tomar partido deste ou daquele candidato, tendo a parcialidade como bússola.

Inpa inaugura obras e amplia linhas de pesquisa científica na Amazônia

Amanda Mota
O Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) vai inaugurar 40 obras destinadas à pesquisa científica na região até março de 2010. Os novos espaços contam também com equipamentos e recursos de cerca de R$ 40 milhões, provenientes do Ministério de Ciência e Tecnologia (MCT), da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), Fundação de Amparo à Pesquisa no Amazonas (Fapeam), entre outros. Leia mais no Amazônia

As duas novas reformas agrárias, artigo de Plínio de Arruda Sampaio

Reforma-se algo que não está funcionando a contento. Altera-se então a forma de alguma coisa, sem alterar sua substância. Por isso mesmo, uma mesma coisa pode ser reformada várias vezes. Com a estrutura agrária acontece exatamente o mesmo. Todas as vezes em que ela emperra a realização do projeto de algum grupo social importante, esse grupo propõe uma reforma agrária. Leia no Ecodebate

Confecom. As propostas do governo e a democratização da comunicação. Entrevista especial com Jonas Valente

Começa, no próximo dia 14, a Conferência Nacional de Comunicação, fruto de uma luta dos movimentos que defendem a democratização da comunicação que já dura muitos anos. A IHU On-Line conversou, por telefone, com Jonas Valente, do Intervozes, sobre as propostas que o governo pretende discutir, assim como os eixos centrais que devem fazer parte das discussões que serão realizadas neste evento. “A constatação clara, que existe por parte de todos os segmentos, é a necessidade de ter um novo marco regulatório, ou seja, precisamos modernizar a nossa legislação”, opinou. Leia mais no IHU

Mutirão do CNJ propõe saída pacífica para desocupação de fazendas no Pará

Luana Lourenço
O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes, abriu hoje (4) em Marabá, no sul do Pará, o primeiro mutirão fundiário do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A força-tarefa pretende acelerar a tramitação dos processos de reintegração de posse e de desapropriação, além de fiscalizar cartórios. Leia mais na Agência Brasil

sábado, 5 de dezembro de 2009

Grandes projetos: trabalhadores maranhenses discriminados

A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil - CTB, denuncia à toda sociedade maranhense a discriminação que vem acontecendo de forma escandalosa contra os trabalhadores maranhenses no projeto de construção da Termelétrica no Distrito Industrial (Vila Maranhão - Porto do Itaqui). Leia mais no blog de Flávio Dino

UFPA receberá exposição sobre Padre Antonio Vieira

A parceria da Universidade Federal do Pará (UFPA) com a Universidade de Aveiro, em Portugal, deu mais um bom resultado. No início de 2010, a UFPA receberá a exposição “Identidade e Cidadania: Padre Antonio Vieira 2008”, resultado do acordo entre a Pró-Reitoria de Relações Internacionais (PROINTER) e o mestrado do curso de Ciência da Educação da Universidade de Aveiro. A mostra será montada no norte do Brasil pela primeira vez na UFPA e é resultado da expedição do professor Antonio de Abreu Freire, feita num barco que percorreu os mesmo trajetos do padre Antonio Vieira, que em 2008 completaria 400 anos se estivesse vivo. Leia mais na UFPA

Belo Monte: mentira institucionalizada

por Rodolfo Salm

Esta semana, o Ministério Público Federal promoveu em Brasília uma Audiência Pública para discutir o projeto da usina de Belo Monte. Apesar de este encontro ter se dado não nos rincões das populações atingidas, mas ao lado da sede do poder executivo federal, não compareceu ao debate nenhum representante dos órgãos de governo mais diretamente relacionados à obra. Leia no Correio da Cidadania

Favorito na disputa presidencial, Morales deve obter maioria também no Legislativo

Renata Giraldi
Brasília - Favorito na disputa presidencial deste domingo (6) na Bolívia, o presidente Evo Morales, que tenta a reeleição, deverá conseguir também a maioria entre os deputados e os senadores eleitos. Atualmente o Senado é comandado pela oposição. A avaliação é de diplomatas e observadores brasileiros que acompanham o processo eleitoral boliviano. A partir de hoje (4) estão proibidos comícios e manifestações de rua no país. Deu na Agência Brasil

Belém sem prefeito

Somente segunda teremos o começo do desfecho da peleja. Leia mais no Diário

Eucalipto não recupera biodiversidade amazônica

Por Nelson Tembra
O programa “1 Bilhão de Árvores para a Amazônia” foi lançado, no dia 30 de maio de 2008, em Belém, pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e pela governadora Ana Júlia Carepa. Foi considerado o maior e mais ambicioso programa de reflorestamento e recomposição florestal do planeta, com a meta de atingir uma área de aproximadamente 20 milhões de hectares já alterados com o plantio de 100 mil hectares de espécies nativas por ano até 2013. A propaganda foi boa e deve ter sido cara. Deu no blog da Amazônia

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Belém:Vereadores se reúnem para empossar Priante na CMB

Diversos vereadores de Belém já estão reunidos, neste momento, na Câmara Municipal, para empossar o ex-candidato José Priante como novo prefeito de Belém. Deu no Diário

Marabá: Mutirão fundiário inicia sob protestos

Promovido pelo Conselho Nacional de Justiça e os Tribunais de Justiça dos Estados e iniciado à tarde de hoje em Marabá, o Programa Nacional de Mutirões Fundiários realiza sessões até à terça-feira (02/12), seguindo depois a pauta da Semana Nacional da Conciliação, até o dia 11. O mutirão tem como objetivo identificar os processos e conflitos que envolvem disputas de terra para solucioná-los por meio de mediação e conciliação. Leia mais no Quaradouro

Vitória: Maior encontro de Midialivristas do País

É impressionante a miopia politica e conceitual dos que ainda relacionam a “qualificação” (palavra vazia e formal) de todo um campo da comunicação com a exigência do diploma, que não tem nada a ver com melhoria da qualificação de midialivristas, de produtores de midia, de blogueiros, de professores e estudantes, qualificação que não depende de forças exteriores para ser implementada! Leia mais AQUI

CPT: PARA OUTRA COMPREENSÃO E RESSIGNIFICAÇÃO DA REFORMA AGRÁRIA

Os tempos que vivemos, no campo e nas cidades, nos convocam hoje a entender melhor esta época de mudanças. Novos conceitos e paradigmas marcam o nosso cotidiano com numerosas e grandes diferenças que nos deixam deslocados e perplexos. No meio destas mudanças, populações do campo e das cidades vêm sofrendo graves impactos e agressões convivendo com profundas incertezas diante do seu futuro e do planeta Terra. Leia a íntegra AQUI

Gilmar Mendes no PA: Manifesto dos Movimentos Sociais de Marabá

Gilmar Mendes, cacique do STF, baixou hoje no município de Marabá, cidade pólo do sudeste do Pará. Região onde mais se matou dirigente sindical camponês e seus simpatizantes e apoiadores no Brasil. Os dados registrados pela Comissão Pastoral da Terra (CPT) indicam mais de 500 casos. A maioria impune.
As inúmeras chacinas e execuções de camponeses ocorreram na década de 1980, quando da criação pelo deputado Ronaldo Caiado (DEM/GO) da União Democrática Ruralista (UDR). A sigla da intolerância dos latifundiários.
No momento em que Marabá recebe a visita do presidente da mais alta corte de justiça desse país para lançar um “mutirão agrário” que tem como objetivo cumprir liminares que beneficiam fazendeiros e grileiros de terras públicas na região, os movimentos sociais vêm a público dizer. Leia a íntegra do manifesto AQUI

Belém: prefeito é cassado por abuso de poder econômico

Duciomar Costa (PTB), prefeito de Belém foi cassado hoje pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). O juiz Sérgio Augusto Andrade Lima, da 92ª Zona Eleitoral de Belém tomou a decisão. A acusação que tirou Dudu do poder municipal foi o abuso de poder econômico.

Dudu nunca se entendeu muito bem com os marcos legais. Colecionou CPF e teve problemas com a justiça por conta de um diploma falso de oftalmologista.

O jogo político na disputa para quem vai ocupar o assento no governo estadual parece ganhar mais emoção.

Jader (PMDB) que apoiou Ana Júlia (PT) e que festeja Jatene (PSDB) pode ganhar uma máquina administrativa importante.

Posto o candidato que ficou em em segundo lugar para dirigir a principal capital da Amazônia, Priante, ser primo do cacique do PMDB.

Mas, quem perde mesmo é Belém, com sucessivas administrações deficientes, para tentar ser elegante.
E pelo que parece, não há nada de novo front.

Freis franceses da CPT receberão homenagem

Como parte das comemorações do Ano da França no Brasil, a Embaixada da França em Brasília prestará homenagem aos frades dominicanos franceses Henri Burin des Roziers, Xavier Plassat e Jean Raguenes, pela sua ação social no Brasil e luta admiráveis contra o trabalho escravo e as violências agrárias. A homenagem será no dia 14 de dezembro, a partir das 19 horas, no espaço Le Corbusier, na Embaixada da França. Leia mais no IHU

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Exclusivo: ex-coordenador do Ibama acusa Lobão de querer licença de Belo Monte no grito

João Peres

Exclusivo: ex-coordenador do Ibama acusa Lobão de querer licença de Belo Monte no grito
Leozildo Tabajara da Silva Benjamin afirma que deixou cargo por más condições de trabalho, com muita demanda para gente com baixos salários e em número insuficiente. Pressão de movimentos sociais e do Ministério Público é legítima, mas cobranças pela mídia "deixam o rei nu" Leia mais na Rede Brasil Atual

Sexta Conferência Internacional de Educação de Adultos

Vivendo e aprendendo para um futuro viável:O poder da aprendizagem e da educação de adultos
A Sexta Conferência Internacional de Educação de Adultos (CONFINTEA VI) proporcionará uma importante plataforma para o diálogo sobre políticas e promoção da aprendizagem de adultos e educação não formal em âmbito global. A Conferência envolverá os países-mebros da UNESCO, agências das Nações Unidas, agências multilaterais e bilaterais de cooperação, organizações da sociedade civil, setor privado e aprendizes de todas as regiões do mundo. A CONFINTEA VI será realizada em cooperação com o governo brasileiro, em Belém do Pará, de 1° a 4 de dezembro de 2009. Saiba mais AQUI Acompanhe pela internet AQUI

MPF/AM recomenda estudos socioambientais e consultas a povos indígenas nas áreas das BRs 319 e 317

DNIT deve complementar e reformular EIA/Rima referente às obras de reconstrução e pavimentação da BR-319 e consultar povos indígenas, quilombolas e comunidades tradicionais sobre impacto de obra da BR-317 também. Leia mais no CIMI

'Lobão querer licença de Belo Monte no grito', afirma ex-coordenador do Ibama

“O Ibama não é cartório para dar só a licença. A gente precisa dar a licença com um processo sólido, adequado, e depois monitorar tudo isso. A moçada pensa diferente, e dá no que dá”, afirmou Leozildo Tabajara da Silva Benjamin em entrevista a João Peres da Rede Brasil, 02-12-2009. Leozildo Tabajara, coordenador-geral de Infraestrutura, e Sebastião Custódio Pires, diretor de Licenciamento Ambiental, foram exorados dos seus cargos do Ibama. Leia mais no IHU

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Comunidade de reserva extrativista no Pará teme que incêndio destrua moradias

Muitas famílias já abandonaram suas casas.
Um incêndio que vem destruindo há 20 dias a vegetação da reserva extrativista (resex) Terra Grande Pracuúba, em São Sebastião da Boa Vista, na ilha do Marajó, chegou esta semana a área próxima às casas dos moradores. Muitos já abandonaram suas moradias e as famílias que ainda resistem estão preocupadas em ter que fazer o mesmo. Leia mais no MPF

A má informação é a regra no Liberal?

Parece que a má informação é especialidade de O Liberal. A manchete de capa da edição de hoje dispara: Senado endossa separação do Pará.

O ganho é a aprovação da consulta popular através de plebiscito sobre a criação do estado de Carajás.

Plebiscito não é lei. É consulta. Veja a definição AQUI.

Sempre às vésperas de cada eleição ocorre o agrupamento de entes das elites regionais movidas mais por paixões do que razões, para justificar a repartição do Pará.

Assim também ocorre na região do Tapajós.
Estudos do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) indicam a inviabilidade de criação de novos estados. Veja AQUI

Eleições 2010: Jader decide de que lado vai sambar

Jader já sinalizou de que lado vai sambar na próxima eleição. Os meios de comunicação do cacique do PMDB local têm dedicado significativo espaço em visibilidade para os pontos frágeis da administração petista.

O partido que foi fundamental na eleição de Donana, Ana Júlia (PT), perdeu cargos na administração.

Ao mesmo tempo em que os meios de comunicação controlados por Jader sentam a peia na administração petista, tenta elevar o moral no depenado ninho tucano.

O ex-governador Simão Jatene (PSDB) tem tido tratamento vip em matérias de capa em edições dominicais e coisa e tal.

Na edição de hoje há uma destaque de capa com a indicação do tucano para a sucessão do governo.

Jatene que nasceu da costela de Jader fez má criação com o padrinho político, chegando a romper com ele e sendo acolhido nos braços do médico Almir, exilado de Belém, desde que o filho foi preso pela PF em transações ilícitas na administração tucana.

O PSDB mandou no estado por 12 anos.

Hoje é dia de samba

Ao visitar uma parte da literatura nota-se que desde muito tempo a luta de negros e pobres sempre foi tratada com preconceito e reducionismo.

Outro dia lendo algo sobre a insurreição Cabanagem, protagonizada por negros, índios e mestiços, percebi que os mesmos são enquadrados como bandidos e desordeiros.

Assim como a mídia de única nuance trata o favelado ou o sem terra.

Assim foi tratado o samba em tempos idos, que tem o dia de hoje em sua homenagem.
A mesma perspectiva desprezou ou satanizou outras manifestações de matriz afro: capoeira e cultos religiosos.
Coisa de preto, o samba resistiu. Agoniza, mas, não morre. Como canta Nelson Sargento e outros pares. Veja AQUI

Dorothy Stang. Um crime ainda impune. Entrevista especial com Kátia Webster

No próximo dia 10, o assassino da irmã Dorothy será julgado, quase cinco anos depois de matar a irmã estadunidense. “Os mandantes continuam respondendo em liberdade. Continuam impunes no sentido que os processos de investigação e julgamento não têm chegado ao júri. A esperança é que, no próximo ano, eles sejam finalmente julgados”, explicou a irmã Kátia, que faz parte da Congregação das Irmãs de Notre Dame. Leia mais no IHU

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Tribunal rejeita denúncia e absolve juiz acusado de escravidão

Por 12 votos a 4, Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ/MA) arquivou processo contra Marcelo Baldochi, juiz estadual envolvido em caso de trabalho escravo que culminou na libertação de 25 pessoas - inclusive um jovem de 15 anos. Leia mais no Repórter Brasil

Belo Monte: MPF ouve lideranças indígenas e ribeirinhas

Dezenas de lideranças indígenas e ribeirinhas do rio Xingu percorreram as longas distâncias que separam a Amazônia de Brasília para debater o projeto do governo brasileiro de construir a usina hidrelétrica de Belo Monte. Kaiapós, jurunas, xavantes, xipayas, araras, agricultores, pescadores artesanais formavam a plateia na audiência pública promovida pelo Ministério Público Federal. Leia mais no MPF

Pressão para aprovar Belo Monte faz diretor do Ibama pedir demissão

O diretor de Licenciamento Sebastião Custódio Pires e o coordenador-geral de Infra-estrutura Leozildo Tabajara da Silva Benjamim, do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama), pediram demissão do cargo. Leia mais no Amazônia

Paz no campo?

Conforme nota assinada pelo coordenador estaduasl do MST, Ulisses Manaças, ocorre neste instante, mais uma reintegração de posse no Pará.
Veja a nota:
O Acampamento Carlos Lamarca situa-se no município de Capitão Poço e residem 57 famílias. O INCRA já definiu a área como passível de reforma agrária e está em processo de construção do assentamento.
Já foram feitas vistorias, faltando somente o licenciamento ambiental para sacramentar o processo de criação do PA.

O que é mais absurdo é que a área não faz parte da lista de reintegração do Governo do Estado.
O proprio Superintendente do INCRA está tentando mediar junto à Vara Agrária de Castanhal o cancelamento do despejo que está programado para as 17:00h. Estão na área a PM, Choque, canil e DIOE.

O posicionamento do Juiz da Vara Agrária, Sérgio Leão, de Castanhal mais uma vez é marcado pela intransigência, preconceito e discriminação contra os pobres.

A nota encerra com o pedido de manifestação de solidariedade e indignação contra as ações de despejo. E que os setores organizados mandem email para a Governadora, Casa Civil, Judiciário do Estado, Deputados e listas de e-maisl dos Movimentos Sociais.

Belo Monte: audiência em Brasília discute impactos sobre as populações tradicionais

No próximo dia 1º de dezembro, a 6ª Câmara de Coordenação e Revisão (Índios e Minorias) do Ministério Público Federal promove audiência pública sobre a construção da Usina de Belo Monte na bacia do rio Xingu (Pará), que ameaça a vida e a subsistência dos povos indígenas e demais populações que habitam a região. A reunião acontece às 14 horas no Auditório JK, no prédio da Procuradoria Geral da República, em Brasília. Leia mais no CIMI

Mutirão fundiário: Gilmar Mendes baixa em Marabá

Advinha quem vai baixar no município de Marabá, sudeste do Pará, no próximo dia 04?

O cacique do STF, Gilmar Mendes, para ativar o primeiro mutirão fundiário do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que visa reduzir em 10% as tensões no campo. Veja mais no blog Quaradouro

Lembremos: Mendes mandou soltar Dantas, que possui investimentos sob suspeita de lavagem de dinheiro na região através de seu braço rural, a Agropecuária Santa Bárbara.

Mendes que ligou para a governadora para saber como é que é? Como estão as reintegrações de posse, conforme matéria da Carta Capital.

Encontra-se nas mãos do CNJ o pedido de anulação de mais de seis mil títulos falsos de terras, que não foi acatado na esfera estadual.
O processo pode durar ad infinitum? Fazer sucumbir os grilos não seria um excelente passo inaugural?

Desenvolvimento: O Pará atrasado

Lúcio Flávio Pinto
O Pará, Estado colonial por causa da sua função extrativa, não consegue transformar seu crescimento em progresso. É o que mostra o PIB de 2007, revelado na semana passada pelo Idesp. O modelo continua a ser o do rabo de cavalo: crescimento para baixo. Saiu na ADITAL

Quilombolas do Maranhão

Direito a Terra: projeto defende regularização das comunidades quilombolas

Já está em tramitação na Assembleia Legislativa um dos projetos de lei mais importantes e aguardados pelas comunidades quilombolas maranhenses. É o projeto, de autoria do Deputado Domingos Paz (PSB), que dispõe sobre a legitimação de terras aos remanescentes das Comunidades dos Quilombos. Leia mais AQUI

Agroecologia: sul e sudeste do Pará definem agenda

É possível debater agroecologia num rincão marcado pela implantação de grandes projetos dos setores de extrativismo mineral, madeira e pecuária?

Eis o desafio imposto pelo Fórum Regional de Educação no Campo, a Associação Brasileira de Agroecologia e os GT´s de Agroecologia e da Amazônia, no sul e sudeste do Pará.

O evento ocorre amanhã no auditório da Secretaria Municipal de Saúde de Marabá, e aglutina técnicos, prefeituras, professores e camponeses com o objetivo de definir uma agenda agroecológica para as regiões.

O seminário é um desdobramento do Fórum sobre Educação e vem sendo articulado desde a metade do ano.

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

"No agronegócio não existe essa questão de produção ecologicamente correta", diz coordenador da CPT

Aldrey Riechel
O agronegócio visa somente o lucro e dificilmente irá ter uma real preocupação com as questões ambientais e relações de trabalho. A opinião é do Coordenador Nacional da Comissão Pastoral da Terra (CPT) Dirceu Fumagalli, que participou da divulgação dos dados preliminares do relatório de conflitos do campo. A região Norte foi a que apresentou os maiores índices de assassinatos e trabalho escravo do País. Deu no Amazônia

Pará planta eucalipto para recompor floresta

O governo do Estado líder em desmatamento, Pará, mudou as diretrizes de seu programa de recomposição de áreas destruídas na Amazônia e passou a contabilizar espécies exóticas, como eucalipto, para aumentar os números e se aproximar da meta de um bilhão de árvores. As informações são do jornal Folha de S. Paulo. Deu no Amazônia

Educadores do mundo reúnem-se em Belém nesta semana

Belém será a capital internacional da Educação de Jovens e Adultos (EJA) a partir da próxima semana. O evento, que acontece no período de 1º a 4 de dezembro, vai reunir centenas de educadores do mundo todo para debater a política de educação de adultos para a próxima década. O encontro, que ocorre de 12 em 12 anos, é promovido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e a Cultura - Unesco. Leia mais na Agência Pará

A desconstrução do descaso

Por Jamile Chequer
Grupos impactados por toda sorte de projetos - que vão desde o plantio da cana-de-açúcar e eucalipto à construção de hidrelétricas e exploração de minério - denunciaram a violação de seus direitos e a depredação do meio ambiente nas regiões onde moram. Os relatos foram feitos durante o I Encontro Sul-americano de Populações Afetadas por Projetos Financiados pelo BNDES, de 23 a 25 de novembro. Leia mais AQUI

UFPA realiza III Seminário Internacional Amazônias

O Programa de Pós-Graduação em Economia, da Universidade Federal do Pará (PPGE-UFPA),e o Programa de Pós-Graduação em Economia, da Universidade de Brasília (ECO-UNB), realizam, de 30 de novembro a 1º de dezembro, o "III Seminário Internacional Amazônias: desafios e potencialidades para a Amazônia do Século XX". O evento tem como objetivo discutir questões relevantes ao desenvolvimento da região amazônica e encontrar possíveis alternativas econômicas sustentáveis para a região. É destinado a estudantes e profissionais interessados em discutir o assunto. Leia mais na UFPA

Policiais ou Jagunços? Polícia do Pará pisa os direitos humanos

Por Frei Henri Burin des Roziers
COMISSÃO PASTORAL DA TERRA DO SUL E SUDESTE DO PARÁ.

Segundo os relatos de trabalhadores rurais cerca de 200 policiais civis e militares, vários deles embriagados, realizaram operações nessas ultimas semanas nos acampamentos da Fazenda Rio Vermelho, Castanhais e Espírito Santo, todas na região de Xinguara. Leia mais na ADITAL

Belo Monte e a crise ecológica

“Nós nunca impedimos o desenvolvimento sustentável do homem branco, mas não aceitamos que o governo toma uma decisão de tamanha irresponsabilidade e que trará conseqüências irreversíveis para esta região e nosso povos, desrespeitando profundamente os habitantes ancestrais deste rio e o modelo de desenvolvimento que defendemos” – Carta dos povos indígenas ao presidente Lula contra a construção da Usina Hidrelétrica Belo Monte. Leia mais AQUI

Testemunha de acusação contra suspeito de assassinato de Irmã Dorothy sofre atentado

Uma das principais testemunhas de acusação contra um dos investigados pelo assassinato da Irmã Dorothy Stang sofreu um atentado no último dia 26, no município de Anapu, no Pará. Apesar de ter levado diversos tiros nas pernas, na cabeça e na boca Roniery Bezerra Lopes não morreu, e está em estado grave, internado em um hospital da região. A informação foi passada, no dia 28/11, à Agência Brasil pela Irmã Jane Dwyer, da mesma congregação da Irmã Dorothy. Deu no Ecodebate

''Com o fim da era dos movimentos sociais foi-se a energia moral da ousadia''. Entrevista especial com Rudá Ricci

Para o sociólogo Rudá Ricci, os movimentos sociais se tornaram organizações sociais e “perderam a lógica anti-institucionalizante e o ideário comunitarista-cristão do final do século passado”. Ele defende que o neoliberalismo não é mais hegemônico. “Quem comanda o Brasil em termos programáticos é o que a ciência política denomina de social-liberalismo, muito distinto do neoliberalismo. (...) A velha política está reeditada. E, em grande parte, pelo lulismo, que criou a mais abrangente e bem sucedida coalizão presidencialista da história da república brasileira”. Na entrevista que concedeu para a IHU On-Line, por e-mail, Ricci considera que a dificuldade de quem defende a ampliação da participação da sociedade civil no Brasil é que não sabemos lidar com a chamada nova classe média. “Teremos que aprender. Inclusive as lideranças populares. Somos, enfim, a geração dos anos 80 e estamos lidando com um fenômeno sociológico que expressa o Brasil Potência do século XXI”. Leia a íntegra no IHU

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Casos de assassinatos e trabalho escravo caem no Norte, mas região ainda é a campeã

Aldrey Riechel
De janeiro a novembro deste ano, nove lideranças, posseiros, indígenas e sindicalistas foram assassinadas no Norte do País, área onde também foram encontradas 83 pessoas que trabalhavam em situações análogas à de escravo no mesmo período. Os dados, ainda preliminares, fazem parte do relatório de conflitos do campo que constatou que a região é, mais uma vez, campeão em números de assassinatos e ocorrência de trabalho escravo do País.
Embora ainda seja líder, a região apresentou. Deu no Amazônia

I Encontro Mineiro dos Atingidos pela Vale

Comitê Mineiro dos Atingidos pela Vale

No dia 28 de novembro será realizado em Belo Horizonte o I Encontro Mineiro dos Atingidos pela Vale. A proposta desta atividade é reunir e dar voz às comunidades afetadas pela Companhia Vale do Rio Doce em Minas Gerais. Leia mais na ADITAL

Foco de investimentos não mudará, aponta presidente do BNDES

Em audiência com comunidades afetadas por projetos financiados pelo BNDES, o presidente do banco, Luciano Coutinho, afirmou que medidas de mitigação estão sendo discutidas, mas se esquivou de cobranças por redirecionamento
Por Verena Glass, do Centro de Monitoramento de Agrocombustíveis

Rio de Janeiro (RJ) - Representantes de comunidades e populações atingidas por empreendimentos financiados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) se reuniram esta semana com o intuito de pressionar por mudanças na conduta do principal banco estatal brasileiro de fomento. Leia mais AQUI

Cantos e recantos de Belém

Em cada canto uma surpresa. Aonde levam os trilhos? Seus cantos e recantos nos fazem viajar no tempo. Nos encontrarmos com a fé e com a beleza de cada pessoa. Veja mais AQUI

Carta dos atingidos pelo BNDES

Somos indígenas, quilombolas, camponeses, ribeirinhos, pescadores, trabalhadoras e trabalhadores do Brasil, Equador e Bolívia, reunidos no I Encontro Sul-Americano de Populações Impactadas por Projetos financiados pelo BNDES. Leia a íntegra AQUI

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Deusu e José

A tarde era quente. Umas cinco horas mais ou menos. Sob uma mangueira um operário armado de uma flauta transversal disparou a canção pauapixuna.
Poucos metros até a saída do cemitério. Tudo ocorreu na quinta feira passada.

Instantes atrás o corpo de Deusu havia sido sepultado. Seria uma homenagem não encomendada? Uma obra da coincidência?

Deusu era morena. Atarracada. Pouca letra e muito coração. Uma sábia. Sabiá?
Tinha uns oitenta e tantos anos. Fez par com José. Zé era comerciante. Tiveram nove filhos. Oito biológicos e um adotivo.
Boa memória para música de seu tempo: oh deusa da minha rua....
José ganhou a vida com o comércio. E encantava Deusu com o violão. Não conheci José.

Diz a lenda que ensinou harmonia para o Tapajós. Não o rio, mas o músico. Hoje celebrado em todo canto.

Sempre que encontrava com Deusu a beliscava. Sabia que ia brigar. Adorava ela raiar comigo.

Aí eu dizia que iria a beijar na boca. De pronto ela retrucava: aqui só o meu marido.

Estarão os dois agora reunidos em algum canto? Trocando um dedo de prosa, dedilhando um violão?

Dantas recorre de permissão para vistoria em fazendas no PA

Dora Cavalcanti, advogada defensora da Agropecuária Santa Bárbara, de propriedade do banqueiro Daniel Dantas, entregará hoje petição ao juiz da 6ª Vara Criminal Federal em São Paulo, Fausto Martin De Sanctis, por meio da qual sustenta que o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) não poderia ter solicitado autorização para vistoriar as terras de seu cliente no Pará. Deu no Amazônia

Conflitos fundiários se agravam em várias regiões do estado do Pará

Natasha Pitts
A cada semana, os conflitos fundiários têm se agravado em várias regiões do estado do Pará. A população rural e urbana tem reagido à ofensiva dos grandes projetos de mineração, madeireiros, pecuaristas e de produção de energia para proteger seus territórios e exigir do poder público, sobretudo, do Governo Estadual e Federal uma solução justa para os problemas no Estado. Leia mais na ADITAL

CPI da Dívida

Economista critica política de reservas cambiais do Brasil
Brizza Cavalcante
Os investidores estrangeiros, explica Munhoz, aplicam o dinheiro no Brasil para especular com os juros altos praticados pelo país. Para conter a oferta da moeda americana, o Banco Central compra dólares. Leia a íntegra AQUI

Thiago de Mello: poesia não combina com o pão de cada dia

Poesia combina com o pão de cada dia? Thiago de Mello, poeta amazonense sinaliza que não. Na noite de ontem um programa da TV Cultura, 3 a 1, exibiu uma entrevista com ele.
Em outra entrevista esclarece outras querelas.

O caboclo, como gosta de ser tratado, nasceu em Barreirinhas, quebradas do Amazonas. Homem bem relacionado foi chapa de Neruda, Borges, Drumonnd e Quintana. Andou o mundo como adido cultural e também como exilado.

Nunca requereu indenização do Estado. Iria ferir a consciência dele. Mas, não recrima quem o fez, explicou.

Mello fala com tesão e paixão somos os irmãos da floresta. “Ali aprendi mais que em uma faculdade como a Sorbonne”, disparou. Bem, tem gente que fala do nosso quintal e nunca o visitou, questiona.

Sobre o governo avalia que ainda não entendeu como combinar desenvolvimentismo com a sustentabilidade. Mas, tem clareza que o capital tem vencido o embate.

Parece que o autor de Estatutos do Homem adora a cor branca. Ao tratar da poesia nos dias atuais, avalia que tá muito hermético.

Documento elaborado por pesquisadores da USP, em Piracicaba, mostra o impacto da pecuária no ambiente

Cientistas do Centro de Energia Nuclear na Agricultura (Cena) da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP, em Piracicaba, liderados pelo professor Carlos Clemente Cerri, acabaram de publicar a revisão intitulada “Emissões de gases do efeito estufa do Brasil: importância da agricultura e pastagem”. O artigo está disponível no volume 66, número 6, da revista científica Scientia Agricola, da Esalq. Deu no Ecodebate

Dantas no Pará - o que vai ser das terras?

O juiz Fauto Martin De Santis, da 6ª Vara Federal de São Paulo, autorizou a vistoria nas propriedades em nome da Agropecuária Santa Bárbara Xinguara, braço rural do banqueiro Daniel Dantas. O pedido foi realizado pela procuradoria do INCRA.

O empreendimento de Dantas é acusado de lavagem de dinheiro. Por conta disso todo o complexo está sob seqüestro judicial desde julho. Não bastasse a acusação de lavagem de dinheiro, boa parte das terras envolvidas nas negociatas é do Estado ou da União.

O que fazer com tal imbróglio? A família Mutran, oligarquia mais expressiva no Pará em tempos idos, negociou inúmeras fazendas com o banqueiro. Entre elas a fazenda Maria Bonita, localizada no município de Eldorado do Carajás e a Espírito Santo, cravada na cidade de Xingura.

As terras foram apropriadas indevidamente pelos Mutran, que apenas tinham o direito de uso, quando ali um dia existiu uma frondosa floresta de Castanheiras. O expediente jurídico foi o aforamento.

A ilegalidade oxigena a delicada e complexa situação fundiária na Amazônia, em particular no Pará. Não à toa o Ministério Público Federal (MPF) pediu a anulação de mais de seis mil títulos ilegais, que a Corregedoria da Justiça do Estado local não acatou.

Interroga-se: o Estado vai desapropriar uma terra que por direito pertence a ele? Vai premiar o crime organizado que grila terras, comete ilegalidades ambientais e incentiva o trabalho escravo, que organiza e financia a execução de dirigentes sindicais e seus apoiadores?
Tudo vai terminar em cordialidade, após o linchamento político das lutas populares?

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Número de pessoas que cursam pós-graduação na região norte é o menor do País

Aldrey Riechel
Mesmo existindo programas de incentivos para bolsas de estudos, a região norte possui o menor número de pessoas que cursam pós-graduação em todo o País. Em alguns casos sobram vagas e faltam pessoas, segundo o representante da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Emídio de Oliviera Filho. Deu no Amazônia

Incra pode usar fazendas de Dantas para reforma agrária

Em ofício destinado à Justiça Federal, a procuradora-chefe do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) Gilda Diniz dos Santos pediu autorização para vistoriar as fazendas do banqueiro Daniel Dantas. O objetivo é verificar a possibilidade de utilizar as terras para a Reforma Agrária. Leia mais AQUI

CPI da Dívida Pública ouve professor da UnB

Brasília - A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Dívida Pública ouve hoje (25) e economista e professor da Universidade de Brasília (UnB) Dércio Garcia Munhoz. A reunião será realizada às 14h30 no Plenário 11.

Instalada em agosto, a CPI investiga as dívidas interna e externa do país, o pagamento de juros e amortizações, os beneficiários desses pagamentos e o impacto da dívida nas políticas sociais e no desenvolvimento sustentável da nação.
FONTE: Agência Brasil

Índices negativos: é nós na fita. De novo...

Desmatamento, assassinato de dirigentes, apoiadores e militantes pró reforma agrária, trabalho escravo povoam o rosário de indicadores sociais negativos no sul e sudeste do Pará.

Resultado de processos econômicos marcados pelo uso intensivo dos recursos a partir de grandes empresas, onde o Estado exerceu e ainda exerce o papel de indutor.

Os processos econômicos cimentam uma estrada delicada marcada pela concentração de poder político e econômico nas mãos de poucos.

Ontem um documento do Ministério da Justiça realizado em parceria com o Fórum de Segurança Pública, aponta Marabá, cidade pólo do sudeste do Pará, como o município top no ranking de violência do país. Veja mais AQUI

Feira Internacional da Amazônia inicia este ano Projeto Carbono Zero

Amanda Mota
Manaus - Pela primeira vez desde o seu lançamento em 2002, a Feira Internacional da Amazônia (Fiam) vai medir, neste ano, o carbono emitido na atmosfera em decorrência do evento. O coordenador da feira, Jorge Vasques, explicou que a iniciativa vai ocorrer em caráter experimental, com vistas à neutralização do carbono na próxima Fiam, que será realizada daqui a dois anos. A Fiam 2009 começa hoje (25) em Manaus e vai até domingo (29). Deu na Agência Brasil

Belém: a perua pode ser legal

O transporte “alternativo” serpenteia pela cidade de Belém e região metropolitana. O que fazer?

O embate entre os donos de frotas de ônibus, prefeitura e os condutores de vans, organizados ou não em cooperativas passa de 12 meses.

Os condutores de vans contam com o apoio de alguns vereadores, e ontem a Companhia Municipal de Transporte, sinalizou uma possível saída.

Os perueiros que endossaram a reeleição de “Dudu”, como é tratado pelos parceiros o prefeito Duciomar Costa (PTB). Agora os condutores cobram a fatura e declaram que estão até o pescoço com o que chamam de perseguição da prefeitura.

Os veículos colecionam multas. Veja matéria do Diário

Dudu é um populista que não se entende muito com os marcos legais. O mesmo tinha diploma falso de médico.

Sempre em campanha os opositores dão visibilidade também para a coleção de CPF´s que o alcaide possui.

Saúde – faz mais de 12 meses que o caos impera nas unidades de saúde da cidade.

Todos os dias o abandono, a falta de médico, os óbitos por falta de atendimento, o sucateamento da frota de ambulâncias, os pacientes em macas nos corredores ocupam os noticiários.

Ainda assim a tropa de choque da câmara abortou uma CPI´s para investigar supostos desvios de verbas no setor.

Falando em verbas, desde eleito os reclames da prefeitura entraram em refluxo. Vez ou outra pinga algo. Menos ruim. Menos poluição.

Maior siderúrgica do Pará é pega em operação do Ibama de combate ao consumo de carvão ilegal

As empresas Companhia Siderúrgica do Pará – Cosipar, Sidenorte Siderurgia Ltda e Sidepar Siderurgia do Pará S.A. tiveram, em 23/11, seus acessos ao Sisflora bloqueados pelo Ibama. As três foram flagradas pela Operação Caça-Fantasma comprando 1.520 metros de carvão ilegal, o equivalente a 26 caminhões cheios, de uma firma de fachada, ou seja, criada apenas para comercializar créditos florestais. Além de autuadas, as siderúrgicas terão os estoques irregulares apreendidos. Deu no Ecodebate

O guru da Internet e a descoberta da gratuidade

No reino da abundância, as mercadorias digitais têm custos de produção que tendem a zero. Assim, na web, a gratuidade tende a se tornar a norma, e não a exceção. É a tese que o estudioso e diretor da revista Wired, Chris Anderson, propõe em "Grátis" [Free, no título original], o seu novo livro publicado na Itália pela editora Rizzoli [no Brasil, o título é "Free: Grátis – O Futuro dos Preços", editora Campus, 2009]. Leia mais no IHU

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Conferência: "El campesinato en la Amazonia colombiana: una história de menospresio y resistencia.

No dia 26 de Novembro será realizada no NAEA a Conferência: "El campesinato en la Amazonia colombiana: una historia de menosprecio y resistencias". Saiba mais AQUI

UFPA lança Prêmio Professor Benedito Nunes

Referência máxima de intelectualidade na Amazônia, o filósofo Benedito Nunes completou, neste mês de novembro, 80 anos de vida. Para comemorar essa data tão especial e prestar a devida homenagem, a Universidade Federal do Pará lança, nesta terça-feira, dia 24 de novembro, o Prêmio Professor Benedito Nunes. Saiba mais AQUI

Mídias alternativas podem criar entidade nacional

Para fortalecer suas posições durante a conferência nacional e também no período rico em debates que sucederá ao evento, os empresários da mídia alternativa estudam a possibilidade de criar uma entidade representativa em nível nacional. Uma reunião já está agendada para o primeiro dia de dezembro. Leia mais no IHU

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Belém: amanhã promete ser um dia quente

É comum o desfile de baratinhas no “busão” na sucateada frota do transporte coletivo de Belém. Um navio negreiro?

Sob um calor escaldante o coletivo sempre lotado exaure o mais zen dos seres.

Nesta brecha pipocam as vans. O trânsito já caótico ganha ares de darwinismo.

Vale tudo na disputa pelo consumidor. Até matar. Literalmente.

Como um acidente ocorrido na Av. Augusto Montenegro, onde duas pessoas foram atropeladas por uma van.

A avenida é uma artéria estratégica entre inúmeros bairros e o centro da cidade. A sinalização é precária. Faixas de pedestres inexistem.

O transporte “alternativo” é uma realidade nas grandes cidades. Belém não foge à regra.

Nesta noite, os perueiros prometem uma ação para pressionar Duciomar Costa (PTB), prefeito da cidade no sentido de regular a atividade.

Ação significar interromper pontos estratégicos.

Ninguém roda.

Amanhã promete ser um dia quente.

Entrevista com Bertha Becker: "Como é que você vai distribuir riquezas se não tem produção?"

Aldrey Riechel
A pesquisadora, geógrafa e historiadora Bertha Becker é referencia nos temas relacionados à Amazônia. Possui diversas pesquisas na área e um grande currículo que consta sua atuação na região. E sua presença não podia faltar no evento que aconteceu na passada em São Paulo, para discutir os "Desafios e Perspectivas para a Integração Regional". Leia a íntegra no Amazônia

Aumenta violação de direitos humanos de populações afetadas por hidrelétricas, diz relatório

Alana Gandra
Um relatório, que está sendo elaborado pelo Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) em conjunto com a Secretaria Especial de Direitos Humanos (SEDH) da Presidência da República, constata que tem aumentado, nos últimos anos, a violação de direitos humanos das populações afetadas pelas grandes hidrelétricas no Brasil. Deu no Amazônia

Trabalhador rural do Pará participa de encontro Sul-Americano no Rio

O encontro reúne populações atingidas por projeto financiados pelo BNDES
Gerdeonor Pereira, trabalhador rural no município de Juruti é um assentado no Projeto de Assentamento Extrativista de Juruti Velho. No município a oeste do Pará a mineradora estadunidense Alcoa explora o minério bauxita. Matéria prima para a produção da alumina que é transformada em lingotes de alumínio.

Pereira tem sido o ponta de lança das denúncias contra a empresa considerada uma das maiores mineradoras do mundo, e que goza de financiamento do BNDES.
O ativista que é pai de quatro filhos participa no Rio de Janeiro a partir de hoje até o dia 25 I Encontro Sul-Americano de Populações Impactadas pelos Projetos Financiados pelo BNDES.
O evento que será transmitido pela web, tem a organização do Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas (IBASE).

O BNDES tem se constituído no principal indutor de grandes projetos e obras estruturantes no continente.

Livro na taba


Edilberto Sena é um religioso combatente que atua na direção da Rádio Educadora Rural de Santarém, oeste do Pará. Emissora que soma 45 anos de vida em defesa de trabalhadores urbanos e rurais, pescadores, indígenas e quilombolas da região.

Sena assina os editoriais da emissora que opera em amplitude modulada (AM). Na Amazônia o rádio é fundamental. O religioso já enfrentou inúmeros perrengues contra as representações do poder econômico e político local. Entre eles o boicote de anunciantes quando da peleja contra os grandes projetos.

O lugar é considerado a derradeira fronteira florestal da Amazônia. Onde ainda abunda uma frondosa floresta de mogno. Na mesma região a empresa estadunidense Cargil ergueu um porto para o escoamento do grão de soja ao arrepio da lei. A BR 163 é outra peça na lógica da monocultura do grão que alimenta animais nos países centrais.

O rio Tapajós inunda a vida dos seres de lá. E nele pretende-se erguer um mundo de hidrelétricas. Na mesma fronteira um mosaico de áreas de proteção podem ser repassadas para a iniciativa privada para a exploração florestal.

Na noite de hoje Sena autografa o livro Amazônia: o que será do amanhã? O livro aglutina os editoriais assinados por ele para a Rádio Educadora entre os anos de 2001 a 2009.


As pelejas entre as grandes empresas e as populações locais e as ações do estado dão caldo à produção do combatente. O evento ocorre em Santarém, às 20h, por ocasião do II Salão do Livro do município.

domingo, 22 de novembro de 2009

Seminário internacional homenageará Manoel da Conceição

By arquivo pessoal de Manoel Conceição
O evento teve início no auditório do Museu da República, a partir das 9 horas do domingo (22), com debates e oficinas até as 17 horas. Nos dois dias seguintes, as atividades ocorrerão no Auditório Nereu Ramos, no Anexo 2 da Câmara dos Deputados.

Além dos temas tradicionais ligados à luta pela anistia política, a terceira edição do seminário abordará também questões relativas à anistia trabalhista, a criminalização dos movimentos sociais e as implicações que a descoberta do pré-sal poderá ter para as políticas de promoção e proteção dos direitos humanos no Brasil.
A luta campesina contra a ditadura militar encerrada em 1985 será lembrada no seminário, na forma de homenagem ao militante maranhense Manoel da Conceição, que estará presente ao evento na segunda-feira (23). Saiba mais no MNDH

Os dilemas da comunicação no Brasil

Os proprietários dos grandes meios de comunicação no Brasil defendem, entre seus ideais, a liberdade de expressão, a pluralidade, a competição e o livre mercado. No entanto, o poder midiático no Brasil está concentrado nas mãos de um pequeno grupo de famílias e suas respectivas empresas, que dominam o sistema de produção e difusão de informações e detém a imensa maioria dos recursos de publicidade. Se fossem coerentes deveriam defender uma revolução capitalista na comunicação brasileira, com mais proprietários, mais veículos, mais produtores de comunicação, produtos de melhor qualidade, consumidores mais exigentes e descentralização dos centros produtores. O artigo é de Joaquim Ernesto Palhares e publicado pela Carta Maior

Cantar era seu sonho


Cantar Era Seu Sonho, lançamento infantojuvenil da coleção Brasileirinhos da editora Paulus, conta a história da cantora brasileira Clementina de Jesus. O livro de Lúcia Fidalgo fala sobre a vida pessoal da negra nascida em Valença, Rio de Janeiro, e da dificuldade que ela tinha em se dedicar apenas à música, sendo reconhecida somente aos 63 anos. Leia mais AQUI

sábado, 21 de novembro de 2009

Exposição Momentos Amazônicos já pode ser conferida

A Amazônia é um universo que cada um, a seu modo, tenta traduzir, seja com palavras, música, dança, pintura. Na exposição "Momentos Amazônicos", seis profissionais traduziram-na pela fotografia e o resultado é um registro de momentos únicos de fé, da rica biodiversidade, de hábitos peculiares e de uma gente com todo o jeito paraense de ser. Leia mais no site da UFPA